Viajar no fim de semana para Nilopolis | Previsão do Tempo em Nilopolis | Cidades | Cruzeiros 2017-2018 | Passagem de ônibus | Passagem aérea
Viajar | Viagem | Destinos do Brasil
Página inicial do site | Aeroportos | Portos | Cidade Aleatória | Como Chegar | AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO

Tudo sobre Nilópolis Município   Previsão do Tempo em Nilópolis Previsão do Tempo   Rodoviária de Nilópolis Rodoviária   Hotéis em Nilópolis Hotéis

Imagens para Facebook

História Município Nilópolis (RJ)

Nilópolis

Rio de Janeiro - RJ

Histórico

O território que atualmente constitui o Município de Nilópolis parece ter feito parte da sesmaria que foi doada a Brás Cubas em 1568. Esta concessão parece fazer parte do grupo das que foram feitas a partir de 1566 a fidalgos que começavam a disputar as terras adjacentes à cidade fundada por Mem de Sá. Há documentos que apontam esse ano como o do início do movimento colonizador, dirigido para o vale de diversos rios que desaguam na baía de Guanabara, entre os quais não só o Meriti como o Sarapuí.

Alguns anos depois de criada a freguesia de Nossa Senhora do Pilar - em terras do atual Município de Duque de Caxias - surgiu na zona litorânea da Guanabara uma outra povoação, fundada com o nome de São João Batista de Trairoponga. Em 1647, a capela aí existente tornou-se matriz da freguesia do mesmo nome. Esta condição foi perdida, já na segunda metade do século XVII, em favor de outra capela, nas terras em que hoje está a Cidade de São João de Meriti.

Outras mudanças de local ocorreram, sendo certo, todavia, que em 1747 a matriz estava novamente nas margens do Meriti, ficando a região conhecida por Freguesia de São João Batista do Meriti. Foi nessa freguesia que surgiu a fazenda de São Mateus, do padre Mateus Machado Homem. Mas, com a elevação do povoado de Iguaçu à categoria de Vila em 1833, a freguesia de São João de Meriti, nas terras da fazenda São Mateus, passou a fazer parte de sua jurisdição.

Com o advento da via férrea na segunda metade do século XIX, foram abandonados os rios como meio de comunicação, declinando essa parte da região. Graças a ação de Nilo Peçanha, o Governo iniciou um programa de saneamento, o que proporcionou a rápida valorização das terras e seu fracionamento em propriedades menores vendidas a preço baixo. Neste caso estava a antiga fazenda de São Mateus, que passava ao domínio dos sucessores do primeiro Barão de Mesquita. A parte em que a Central do Brasil construíra uma parada para seus trens, chamada Engenheiro Neiva, dividida também em lotes, foi aos poucos tomada por operários e pequenos empregados, formando, deste modo, um povoado. Essas terras, em homenagem a Nilo Peçanha, receberam o topônimo de Nilópolis.

Gentílico: nilopolitano

Formação Administrativa

Distrito criado com a denominação de São Mateus, por força da lei estadual n.º 1 332, de 09-11-1916, confirmada pela lei n.º 1 634, de 18-11-1919, subordinado ao município de Iguaçu.

Pela lei estadual n.º 1 705, de 06-10-1921, o distrito de São Mateus passou a denominar-se Nilópolis.

Em divisão administrativa referente ao ano de 1933, o distrito de Nilópolis figura no município de Iguaçu.

Assim permanecendo em divisões territoriais datadas de 31-XII-1936 e 31-XII-1937.

Pelo decreto-lei estadual n.º 392-A, de 31 de março de 1938, o município de Iguaçu passou a denominar-se Nova Iguaçu.

No quadro fixado para vigorar no período de 1939-1943, o distrito de Nilópolis figura no município de Nova Iguaçu.

Elevado à categoria de município com a denominação de Nilópolis, por ato das disposições constitucionais transitórias deste Estado, promulgado em 20-06-1947, desmembrado de Nova Iguaçu. Constituído de 2 distritos: Nilópolis e Olinda. Instalado em 21-08-1947.

Elevado à categoria de Cidade com a denominação de Nilópolis, pela lei estadual nº 6, de 11-08-1947.

Em divisão territorial datada de 1-VII-1960, o município é constituído de 2 distritos: Nilópolis e Olinda.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2007.

Fonte: IBGE

Hospedagem Nilópolis - RJ

Hotéis Nilópolis RJ Pousadas Nilópolis RJ Campings Nilópolis RJ Albergues / Hostels Nilópolis RJ Chalés Nilópolis RJ Spas e Resorts Nilópolis RJ

Tudo sobre Nilópolis

  • ViajarPopulação 2010: 157.425 Habitantes
  • ViajarUnidade Territorial: 19,393 Km²
  • ViajarDensidade: 8.117,62 Habitantes por Km²
  • ViajarGentílico: Nilopolitano
  • ViajarBioma: Mata Atlântica
  • Previsão do Tempo

    Descubra tudo sobre Nilópolis, previsão do tempo Nilópolis, localização Nilópolis, para planejar sua viagem sem se incomodar com nada.

    Quer viajar para Nilópolis? Aproveite todas as informações de turismo que o Viajarr.com.br possui sobre os municípios Rio de Janeiro para não errar! Qual a Viagem ideal para suas próximas férias? Qual a sua próxima viagem? Dicas para viajar com segurança e tranquilidade.

    Como Chegar | Rodovias

    Mapa Rodoviário de Nilópolis

    Publicidade

    Imagens de Nilópolis

    Comente sobre Nilópolis

    Conheça Nilópolis (YouTube)

    Compartilhe o Viajarr.com.br
      Gostou? Compartilhe!

    Estado Rio de Janeiro
    Página do Estado Rio de Janeiro
     
    Onde se Hospedar

    Viajar para Nilópolis
    Hotéis Nilópolis
    Pousadas Nilópolis
    Camping Nilópolis
    Albergues Nilópolis
    Chalés Nilópolis
    Spas e Resorts Nilópolis

    Destino: Nilópolis
    Como chegar até:

    Acre | Alagoas | Amapá | Amazonas | Bahia | Ceará | Distrito Federal | Espírito Santo | Goiás | Maranhão | Mato Grosso | Mato Grosso do Sul | Minas Gerais | Pará | Paraíba | Paraná | Pernambuco | Piauí | Rio de Janeiro | Rio Grande do Norte | Rio Grande do Sul | Rondônia | Roraima | São Paulo | Santa Catarina | Sergipe | Tocantins

    Previsão do Tempo região Sudeste
    Curta nossa página no Facebook
    Viajarr.com.br - Todos os Destinos do Brasil

    Viajarr.com.br | © Todos os direitos reservados | Resolução mínima: 1024x768

    483-234-5678 Política de Privacidade | Contato | Viajar para Nilópolis (RJ)