Viajar no fim de semana para Caravelas | Previsão do Tempo em Caravelas | Cidades | Cruzeiros 2020-2021 | Passagem de ônibus | Passagem aérea
Viajar | Viagem | Destinos do Brasil
Página inicial do site | Aeroportos | Portos | Cidade Aleatória | Como Chegar | AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO

Tudo sobre Caravelas Município   Previsão do Tempo em Caravelas Previsão do Tempo   Rodoviária de Caravelas Rodoviária   Hotéis em Caravelas Hotéis   Aeroporto de Caravelas (CRQ/SBCV) Aeroporto

Imagens para Facebook

História Município Caravelas (BA)

Caravelas

Bahia - BA

Histórico

A história de Carvelas começa com própria História do Brasil a qual, em linhas gerais, acampam até o ano de 1574.

Descoberto o Brasil, Portugal enviou expedições exploradoras. A segunda dessas expedições saída do Tejo em 1503, descobriu o arquipelago de Fernando de Noronha, naufragou o navio capitânea da esquadra comandada por Gonçalo Coelho da qual também fazia parte o célebere Américo Vespucci, o "pilôto e marinheiro mais instruído do seu tempo". Dali a frota de explorações, como Américo Vespucci e gonçalo Coelho, rumou para o sul, costeou a terra até a latitude de 18 graus, e entrou justamente, no pôrto de Caravelas, onde fundou uma feitoria, que deixou fortificada com 12 peças de artilharia e 24 homens, retornou em seguida para Lisboa. Caravelas foi, assim, descoberta em 1503 por Américo Vespucci ou Gonçalo Coelho. Durante o tempo em que o Brasil estêve dividido em capitanias hereditárias, o atual município de Caravelas pertence ao Pôrto Seguro, doado a Pero de Campos Tourinho, por Carta régia de 27 de maio de 1534. Segundo ocorreu com várias outras, a captania do Pôrto fracassou, dado o pouco interêsse do seu donatário e sucessores, e pelos incessantes ataques dos ´´indios tupiniquins, que infestavam a região, desde o rio Camamu até o rio Cricaré, - provavelmente o que hoje se denomina Mucuri. Vendia a Dom João Lencastre, Duque de Aveiro, em 10 de agôsto de 1559, a capitania de Pôrto Seguro reverteu à coroa, no reinado de D.José I.

Data daquela época a omissão da História acêrca da feitoria por Vespucci, ou Gonçalo Coelho, em Caravelas, presumindo-se tenha desaparecido em conseqüência de ataques dos índios. Sob o Govêrno-Geral do Brasil nova fase de colonização se inicia no Litoral, importantes penetrações são promovidas em busca de metais e pedras preciosas. A primeira expedição que se embrenha pelo sertão, parte do Pôrto Seguro, em 1553. Compõem-na portuguêses, mamelucos, "mazambos" e índios tupiniquins, sob a chefia do espanhol Francisco Bruzza Espinoza.

A bandeira Espinoza percorreu o Litoral, desde o Jequitinhonha até São Mateus, no Espírito Santo. Foi este o primeiro bandeirante que chegou a Caravelas. Depois dêle, em 1572, Sebastião Fernandes Tourinho subiu o rio Doce e retrocedeu ao Litoral pelo vale das Caravelas.

Todavia, coube a Antõnio Dias Adôrno, em 1574, - chefe de uma expedição de 150 portuguêses e 400 índios que se internou pelo sertão à procura de ouro e da já famosa serra das Esmeraldas - , a primazia de reencontrar Caravelas, embora não se negue a Espinoza contacto anterior, quando iniciou sua entrada aos sertões brasileiros, pelo rio das Caravelas, secundado por Sebastião Fernandes Tourinho.

Os bandeirantes que chegaram ao rio Caravelas não fundarão povoação. Somente em 1581, diz-se haver um padre francês, - provavelmente um dos missionário vindos com Manuel da Nóbrega -, fundado a aldeia de Caravelas, onde erigiu pequena igreja, sob a invocação de Santo Antônio do Campo dos Coqueiros. A aldeia foi depois abandonada; mas seus habitantes, por ordem de D. Diogo de Menezes, 9.º Governador-Geral do Brasil, tiveram que regressar às suas residências em 1610, e, assim, Caravelas foi novamente povoada, e definitivamente.

Data daí o progresso acentuado que se manifestou, a ponto de ser visada por um ataque holândes em 1636.

Todavia, a partir de 1694, sob a administração do 32.º Governo-Geral do Brasil, D. João Lencastre, encontrou rumo certo do progresso. Em 1700, estando em franco

desenvolvimento, mereceu ser levada à categoria de vila, com o nome de Santo Antônio do Rio das Caravelas, por Ato do governados Lencastre, confirmado em Alvará real no ano seguinte. De 1702 a 1729, a colonização estendeu-se pelos vales dos rios São Mateus, Mucuri, Doce e Peruípe.

Por alvará de 18 de janeiro de 1755, a vila de Santo Antônio do Rio das Caravelas, com jurisdição no território imenso que abrangia os dos atuais municípios de Mucuri e Conceição da Barra, êste no Estado do Espírito Santo, elevou-se à categoria de freguesia eclesiástica.

Decorridos 154 anos de sua elevação à categoria de vila, Caravelas alcançou o título de Constitucional Cidade de Caravelas, pela Lei n.º 521, de 23 de abril de 1855, assinada por João Maurício Wanderley, 1.º Ministro do Império e, mais tarde, Barão de Cotegipe.

O município de Caravelas, a princípio, era constituído de único distrito, que permaneceu nas divisões administrativas do Brasil referentes a 1911 e 1933 e nas divisões territorias de 31 de dezembro de 1936 e 31 de dezembro de 1937, como, também, no quadro anexo do Decreto-Lei estadual n.º 10 724, de 30 de março de 1938.

Por força do decreto estadual n.º 11 089, de 30 de novenbro de 1938, o distrito único ficou dividido em dois: o distrito-sede, ou de Caravelas, e o novo distrito de Juerana, que assim permaneceu no quadro de 1943, a que se relaciona o Decreto estadual n.º 12 978, de 1.º de junho de 1944. Idêntica composição é mantida na divisão administrativa para 1949-1953.

Todavia, na divisão territorial de 1954-1958, baixada pela Lei n.º 628, de 30 de dezembro de 1953, foram criados mais quatro distritos, resultando ficar o município de Caravelas com seis: Caravelas, Ibirapuã, Juerana, Lajedão, Ponta de Areia e Santo Antônio de Barcelona.

Gentílico: caravelense

Formação Administrativa

Elevado à categoria de vila com a denominação de Caravelas, em 1701.

Distrito criado com a denominação de Caravelas, por alvará de 18-01-1755.

Elevado a condição de cidade e sede municipal, com a denominação de Caravelas, pela lei provincial nº 521, de 23-04-1855.

Em divisão administrativa referente ao ano de 1911, o município é constituído do distrito sede.

Assim permanecendo em divisões territoriais datada de 31-XII-1936 e 31-XII-1937.

Pelo decreto estadual nº 11089, de 30-11-1938, é criado o distrito de Juerana e anexado ao município de Caravelas.

No quadro fixado para vigorar no período de 1939-1943, o município é constituído 2 distritos: Caravelas e Juerana.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 1-VII-1950.

Pela lei estadual nº 628, de 30-12-1953, são criados os distritos de Ibirapuã, Lajedão, Ponta da Areia e Santo Antônio de Barcelona e anexados ao município de Caravelas.

Em divisão territorial datada de 1-VII-1955, o município é constituído de 6 distritos: Caravelas, Ibirapuã, Juerana, Lajedão, Ponto da Areia e Santo Antônio de Barcelona.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 1-VII-1960.

Pela lei estadual nº 1723, de 16-07-1962, desmembra de município de Caravelas, o distrito de Lagedão. Elevado a categoria de município.

Pela lei estadual nº 1738, de 20-07-1962, desmembra de município de Caravelas, o distrito de Ibirapuã. Elevado a categoria de município.

Em divisão territorial datada de 31-XII-1963, o município é constituído de 4 distritos: Caravelas, Juerana, Ponto da Areia e Santo Antônio de Barcelona.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2007.

Fonte: IBGE

Hospedagem Caravelas - BA

Hotéis Caravelas BA Pousadas Caravelas BA Campings Caravelas BA Albergues / Hostels Caravelas BA Chalés Caravelas BA Spas e Resorts Caravelas BA

Tudo sobre Caravelas

  • ViajarPopulação 2010: 21.414 Habitantes
  • ViajarUnidade Territorial: 2.393,442 Km²
  • ViajarDensidade: 8,95 Habitantes por Km²
  • ViajarGentílico: Caravelense
  • ViajarBioma: Mata Atlântica
  • Previsão do Tempo

    Descubra tudo sobre Caravelas, previsão do tempo Caravelas, localização Caravelas, para planejar sua viagem sem se incomodar com nada.

    Quer viajar para Caravelas? Aproveite todas as informações de turismo que o Viajarr.com.br possui sobre os municípios Bahia para não errar! Qual a Viagem ideal para suas próximas férias? Qual a sua próxima viagem? Dicas para viajar com segurança e tranquilidade.

    Como Chegar | Rodovias

    Mapa Rodoviário de Caravelas

    Publicidade

    Imagens de Caravelas

    Comente sobre Caravelas

    Conheça Caravelas (YouTube)

    Compartilhe o Viajarr.com.br
      Gostou? Compartilhe!

    Estado Bahia
    Página do Estado Bahia
     
    Onde se Hospedar

    Viajar para Caravelas
    Hotéis Caravelas
    Pousadas Caravelas
    Camping Caravelas
    Albergues Caravelas
    Chalés Caravelas
    Spas e Resorts Caravelas

    Destino: Caravelas
    Como chegar até:

    Acre | Alagoas | Amapá | Amazonas | Bahia | Ceará | Distrito Federal | Espírito Santo | Goiás | Maranhão | Mato Grosso | Mato Grosso do Sul | Minas Gerais | Pará | Paraíba | Paraná | Pernambuco | Piauí | Rio de Janeiro | Rio Grande do Norte | Rio Grande do Sul | Rondônia | Roraima | São Paulo | Santa Catarina | Sergipe | Tocantins

    Previsão do Tempo região Nordeste
    Curta nossa página no Facebook
    Viajarr.com.br - Todos os Destinos do Brasil

    Viajarr.com.br | © Todos os direitos reservados | Resolução mínima: 1024x768

    483-234-5678 Política de Privacidade | Contato | Viajar para Caravelas (BA)