Viajar no fim de semana para Nova Petropolis | Previsão do Tempo em Nova Petropolis | Cidades | Cruzeiros 2018-2019 | Passagem de ônibus | Passagem aérea
Viajar | Viagem | Destinos do Brasil
Página inicial do site | Aeroportos | Portos | Cidade Aleatória | Como Chegar | AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO

Tudo sobre Nova Petrópolis Município   Previsão do Tempo em Nova Petrópolis Previsão do Tempo   Rodoviária de Nova Petrópolis Rodoviária   Hotéis em Nova Petrópolis Hotéis

Imagens para Facebook

História Município Nova Petrópolis (RS)

Nova Petrópolis

Rio Grande do Sul - RS

Histórico

Com a ?Paz de Ponche Verde?, firmada em 1845, cessaram as hostilidades em toda a província Gaúcha, marcando o término das lutas da ?Revolução Farroupilha?. Imediatamente foram retomados os grandes projetos de Imigração e Colonização do Império, interrompidos por dez anos no Rio Grande do Sul. A nova legislação permitiu as Províncias e até a iniciativa particular investir no setor. Assim o Rio Grande responsabilizou-se por oito Colônias Provinciais entre elas: Nova Petrópolis, fundada em 7 de setembro de 1858.

A nova Colônia abrangia um vasto território que excedia dos limites dos rios Caí e Cadeia, avançando até os limites presumíveis das primeiras Estâncias dos Campos de Cima da Serra. O nome do projeto foi em homenagem a Sua Majestade D. Pedro II (Nova Petrópolis = nova cidade de Pedro), mas também analogia a Real cidade de Petrópolis do Rio de Janeiro, local de férias da Família Imperial da Corte.

Coube ao Agrimensor Argentino Dom José Maria Vidal o encargo de explorar e medir as terras da colônia da qual foi 1º Diretor. Os lotes de aproximadamente 50 hectares estendiam-se ao longo das Linhas e Picadas dispostos de tal forma a permitirem a implantação de núcleos Coloniais em cada 10 Km como apoio às Colônias isoladas.

Os imigrantes que chegaram a Nova Petrópolis desde 1858, eram na maior parte oriundos dos estados alemães: Pomeranos, Saxões, Renanos e Boêmios do Império Austro-Húngaro. Além destes, alguns franceses das regiões limítrofes franco-germânicos, holandeses, belgas, poloneses, russos até irlandeses e escoceses que haviam fugido dos Estados Unidos devido à Guerra da Sucessão.

Estes imigrantes, apesar de sua heterogeneidade conseguiram iniciar um processo cultural específico da região, com a interação dos elementos culturais importados e os encontrados na região, vindos dos tropeiros que desciam dos Campos de Cima da Serra com suas manadas, rumo aos mercados urbanos.

A falta de escolas obrigou os imigrantes a criar sua estrutura educacional própria, onde o ensino era ministrado por pessoas escolhidas pelos próprios colonos e em língua alemã. As mesmas estruturas surgiram na organização religiosa, sociedades, etc. adotando uma sistemática em tudo semelhante ao que haviam deixado na velha Pátria.

No final do século XIX, com a Revolução Federalista que ensaguentou o Rio Grande do Sul, toda a região colonial foi vítima de bandos que se intitulavam revolucionários. Os desmandos nas colônias foram tantos que os colonos decidiram tomar as rédeas da segurança pública nas próprias mãos. Pois a única autoridade policial existente era a figurativa, o Sub-intendente, um cargo honorário. O Coronel da Guarda Nacional Alfredo Steglich reuniu os homens válidos da colônia criando uma força paramilitar de atiradores, nos moldes dos Schützen na Alemanha. Uma vez treinados os colonos ofereceram tenaz resistência às investidas dos bandoleiros que acabaram vencidos após algumas refugas sangrentas.

Na década de 1930, os efeitos da política nacional e internacional também se fizeram sentir em Nova Petrópolis: a política de ?nacionalização? da Ditadura de Vargas atingiu profundamente as estruturas sócio-culturais de toda a região: desde as Igrejas, as Sociedades e principalmente as escolas que eram comunitárias e o ensino ministrado na língua alemã. Com a entrada do Brasil na 2ª Guerra Mundial em 1942, criou-se um ambiente de perseguição política e repressão brutal que resultaram na decadência de toda a região.

Com a redemocratização do Brasil, iniciou-se um processo de reconstrução e correção de rumos, culminando com a Emancipação Política em dezembro de 1954 e implantação do Município em 1955.

Formação Administrativa

Distrito criado com a denominação de Nova Petrópolis, pela Lei Provincial n.º 1.805, de 28-06-1889 e Ato Municipal n.º 15, de 12-03-1898, criado também por Ato Municipal n.º 1, de 12-08-1892, subordinado ao município de São Sebastião do Caí.

Em divisão administrativa referente ao ano de 1933, o distrito de Nova Petrópolis, figura no município de São Sebastião do Caí.

Assim permanecendo em divisões territoriais datadas de 31-XII-1936 e 31-XII-1937.

Pelo Decreto-lei Estadual n.º 7.199, de 31-03-1938, o município de São Sebastião do Caí tomou o nome simplesmente de Caí.

No quadro fixado para vigorar no período de 1939-1943, o distrito de Nova Petrópolis, figura no município de Caí (ex-São Sebastião do Caí).

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 1-VII-1950.

Elevado à categoria de município com a denominação de Nova Petrópolis, pela Lei Estadual n.º 2.518, de 15-12-1954, desmembrado dos municípios de Caí e São Leopoldo. Sede no antigo distrito de Nova Petrópolis. Constituído de 2 distritos: Nova Petrópolis e Joaneta, desmembrado de São Leopoldo. Instalado em 28-02-1955.

Pela Lei Municipal n.º 28-05-1955, é criado o distrito de Pinhal Alto e anexado ao município de Nova Petrópolis.

Em divisão territorial datada de 1-VII-1960, o município é constituído de 3 distritos: Nova Petrópolis, Joaneta e Pinhal Alto.

Pelo Decreto-lei Municipal n.º 9, de 13-02-1967, o distrito de Joaneta tomou a denominação de Picada Café.

Pela Lei Municipal n.º 586, de 07-12-1977, é criado o distrito de Vale do Rio Caí e anexado ao município de Nova Petrópolis.

Em divisão territorial datada de 1-I-1979, o município é constituído de 4 distritos: Nova Petrópolis, Picada Café (ex-Joaneta), Pinhal Alto e Vale do Rio Caí.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 1988.

Pela Lei Estadual n.º 9.546, de 20-03-1992, desmembra do município de Nova Petrópolis o distrito de Picada Café. Elevado à categoria de município.

Em divisão territorial datada de 1995, o município é constituído de 3 distritos: Nova Petrópolis, Pinhal Alto e Vale do Rio Caí.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2001.

Em divisão territorial datada de 2207, o município é constituído de 4 distritos: Nova Petrópolis, Dos Boêmios, Pinhal Alto e Vale do Rio Caí.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2009.

Fonte: Prefeitura Municipal

Autor do Histórico: RUBENS VOLNEI BENATO

Hospedagem Nova Petrópolis - RS

Hotéis Nova Petrópolis RS Pousadas Nova Petrópolis RS Campings Nova Petrópolis RS Albergues / Hostels Nova Petrópolis RS Chalés Nova Petrópolis RS Spas e Resorts Nova Petrópolis RS

Tudo sobre Nova Petrópolis

  • ViajarPopulação 2010: 19.045 Habitantes
  • ViajarUnidade Territorial: 291,301 Km²
  • ViajarDensidade: 65,38 Habitantes por Km²
  • ViajarGentílico: Nova-petropolitano
  • ViajarBioma: Mata Atlântica
  • Previsão do Tempo

    Descubra tudo sobre Nova Petrópolis, previsão do tempo Nova Petrópolis, localização Nova Petrópolis, para planejar sua viagem sem se incomodar com nada.

    Quer viajar para Nova Petrópolis? Aproveite todas as informações de turismo que o Viajarr.com.br possui sobre os municípios Rio Grande do Sul para não errar! Qual a Viagem ideal para suas próximas férias? Qual a sua próxima viagem? Dicas para viajar com segurança e tranquilidade.

    Como Chegar | Rodovias

    Mapa Rodoviário de Nova Petrópolis

    Publicidade

    Imagens de Nova Petrópolis

    Comente sobre Nova Petrópolis

    Conheça Nova Petrópolis (YouTube)

    Compartilhe o Viajarr.com.br
      Gostou? Compartilhe!

    Estado Rio Grande do Sul
    Página do Estado Rio Grande do Sul
     
    Onde se Hospedar

    Viajar para Nova Petrópolis
    Hotéis Nova Petrópolis
    Pousadas Nova Petrópolis
    Camping Nova Petrópolis
    Albergues Nova Petrópolis
    Chalés Nova Petrópolis
    Spas e Resorts Nova Petrópolis

    Destino: Nova Petrópolis
    Como chegar até:

    Acre | Alagoas | Amapá | Amazonas | Bahia | Ceará | Distrito Federal | Espírito Santo | Goiás | Maranhão | Mato Grosso | Mato Grosso do Sul | Minas Gerais | Pará | Paraíba | Paraná | Pernambuco | Piauí | Rio de Janeiro | Rio Grande do Norte | Rio Grande do Sul | Rondônia | Roraima | São Paulo | Santa Catarina | Sergipe | Tocantins

    Previsão do Tempo região Sul
    Curta nossa página no Facebook
    Viajarr.com.br - Todos os Destinos do Brasil

    Viajarr.com.br | © Todos os direitos reservados | Resolução mínima: 1024x768

    483-234-5678 Política de Privacidade | Contato | Viajar para Nova Petrópolis (RS)